Sábado, 21 de Junho de 2014

A morte do narrador em "A máquina de fazer espanhóis" (Valter Hugo Mãe)

Cheguei ao fim deste magnífico livro!

Punha-se-me seriamente a questão de como apareceria a morte do senhor Silva. Como já disse algures, "a morte é o que acontece aos outros", por isso, o senhor Silva, que é o narrador, não nos poderia relatar a sua. Ele dá-nos de facto a narração da morte de vários dos seus colegas do asilo. Faltava a sua, mas o autor recusa-se a dá-la, pois destruiria o esquema formal da narração. Fechamos o livro e sabemos que o senhor Silva, doente e acamado, transferido para o lado do lar onde estão os que se vão embora, vai morrer em breve.

O que é maravilhoso neste livro é que as personagens se mostram inteiras, até ao seu fim. Nesta coisa de ir morrendo, há de fato um momento em que de todo deixamos de estar e outro em que ainda cá estamos inteiramente. Enfim, há casos em que isto não se passa bem assim, pessoas que deixam de estar do lado de cá, antes de estarem do lado de lá, que se arrastam longamente na terra de ninguém.

A morte é como um buraco negro de onde não sai nenhuma luz, isto é, nenhuma informação. É dos relampejos de vida dos que se aproximam do seu fim que trata este livro e não propriamente da escuridão total de onde não sai palavra nenhuma.

publicado por Redes às 01:11
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Junho de 2014

Poetas

 

Fonte: clique na imagem

Nada distingue um poeta dos outros homens, a não ser o facto de escreverem poesia.

publicado por Redes às 18:31
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Junho de 2014

3+2X5 - um problema de português

Uma vez, um colega colocou-me, em termos de desafio, o problema do resultado de 3+2X5. Respondi com naturalidade que o resultado era 13.

Ora, um professor de português sabe muito bem do que se trata. Temos duas entidades 3 e 2X5 e não 3+2 e 5. Contudo, quando o problema é colocado oralmente com o objetivo de apanhar alguém em falta pode bem acontecer que o proponente não tenha razão. Para isso acontecer, basta que, com a intenção de fazer o outro cair na esparrela, diga a frase lentamente: Qual é o resultado de três mais dois... vezes cinco? É que, com essa pausa, a transcrição matemática passa a ser a seguinte:

(3+2)X5

O resultado é 25, pois claro!

publicado por Redes às 21:06
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Avaliação da Homeopatia

. Deve o exame condicionar ...

. Bloomberg desvaloriza efe...

. Tratados ortográficos int...

. Acordo Ortográfico: Decla...

. Aniversário da Revolução ...

. Encontro sobre o Acordo O...

. O Acordo Ortográfico entr...

. O reino de Walter Hugo Mã...

. Defesa da escola pública ...

.Blogs das minhas desoras

.Extreme Tracking

eXTReMe Tracker

.Wikipédia

Support Wikipedia

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO