Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2006

Nazismo e comunismo

Numa entrevista, concedida em 1934, Hitler declarou o seguinte, sobre a relação entre nazismo e blochevismo:
"Não é a Alemanha que vai tornar-se bolchevique, mas sim o bolchevismo que se transformará numa espécie de nacional-socialismo. E não só porque existem mais laços que nos unem ao blochevismo do que elementos que nos separam. Acima de tudo, há um verdadeiro sentimento revolucionário que está vivo em toda a Rússia, excepto onde existem judeus marxistas. Sempre distingui o são do podre e sempre insisti para que os antigos comunistas fossem admitidos no partido sem demora. O pequeno-burguês socialista e o chefe sindical nunca darão um nacional-socialista, mas o militante comunista sim"
(Entrevista concedida a Hermann Rauschning, citada por Furet, François, O passado de uma ilusão. Ensaio sobre a ideia comunista no século XX, Lisboa, Presença, 1996.)
Deveriam estas declarações irritar os militantes comunistas, quero dizer aqueles que ainda o são, e que ainda não se passaram para um nacionalismo-qualquer coisa? Talvez não!
publicado por Redes às 21:37
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Paulo G. Trilho Prudencio a 18 de Fevereiro de 2006 às 15:16
Há quem chame a isso o ressabiamento constante com a vida e com os outros...e bem camuflado.


De Lus Filipe Redes a 17 de Fevereiro de 2006 às 23:40
A aproximação entre bolchevismo e nazismo tem muito mais substância do que eu pensei até aqui. A versão que temos difundida do painel político da esquerda para a direita á a que convém a esses dois movimentos. A ideia, por exemplo, de que o nazismo é uma resposta burguesa à ameaça comunista, convém sobretudo à sobrevivência do comunismo. De facto, um dos aspectos que ambos os movimentos têm em comum, é um ódio mortal, declarado à burguesia.
Acho bem que se leiam partes do Mein Kampf, embora considere haver o risco de que o palavreado radical empolgue os jovens menos "raciocinantes". Repare-se como Hitler constrói todo o seu projecto à volta de algumas palavras-chave, como a associação perversa e contraditória entre marxismo, judeus e burguesia. Depois enviou indiscriminadamente todos os judeus para os campos de concentração, quer fossem ou não, burgueses ou marxistas.


De Paulo G. Trilho Prudencio a 17 de Fevereiro de 2006 às 19:39
curiosíssima. Afinal, aquilo que sempre sabemos: os extremos tocam-se. Será por isso é que é tão difícil alguém assumir-se como tolerante? Será por isso que é tão difícil alguém ser "bem visto" por ser políticamente moderado? O mais difícil é sê-lo e "mesmo assim" ajudar a que o mundo se mova. Ah e movendo-se com os extremos dentro dele e do mundo.


De Rui Correia a 17 de Fevereiro de 2006 às 12:53
A admiração de Hitler pelos comunistas foi demoradamente descrita no seu Mein Kampf. Ao tentar justificar o espantoso sucesso do marxismo junto do povo, Hitler refere-se à convicção infatigável dos seus propagandistas e agitadores. Entre muitas páginas de louvor, há uma que sempre escolho para ler aos meus alunos - recordo, a propósito, que o facto de eu ler passos do Mein Kampf aos meus alunos já originou um dia uma acalorada e tensa discussão com um encarregado de educação que me dizia ser isso muito nefasto, o que me pareceu muito bem, sobretudo se pensarmos que aquele bom pai e atento cidadão, depois de uma concórdia moderada, o foi ler para casa.
Esse excerto que sempre escolho diz respeito à influência que os comunistas tiveram sobre a máquina de propaganda nazi: "A vitória do marxismo foi também devida às formidáveis demonstrações colectivas, àqueles cortejos de centenas e milhares de homens, perante os quais os indivíduos se julgavam mesquinhos vermes, mas, não obstante isso, orgulhavam-se de pertencer à gigantesca organização, ao sopro da qual o odiado mundo burguês podeeria ser incendiado, permitindo à ditadura proletária festejar a sua vitória final".

Terá Hitler aprendido a lição muito bem, como se via anualmente, durante os anos 30, em Nuremberga.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Avaliação da Homeopatia

. Deve o exame condicionar ...

. Bloomberg desvaloriza efe...

. Tratados ortográficos int...

. Acordo Ortográfico: Decla...

. Aniversário da Revolução ...

. Encontro sobre o Acordo O...

. O Acordo Ortográfico entr...

. O reino de Walter Hugo Mã...

. Defesa da escola pública ...

.Blogs das minhas desoras

.Extreme Tracking

eXTReMe Tracker

.Wikipédia

Support Wikipedia

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO